Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

A Onda

 

                                                                               ( … na noite de breu

                                                            ergueu-se a voar …)

Quando o brado de Deus ruge

a onda cresce;

No peito dos homens que Deus fez

enche;

 

Como Mostrengo horrível

desce;

implacável, imensa,

-       qual espada vingadora

                               numa ânsia antiga

                               de justiça  - avança;

 

                        E a rocha altiva, prepotente e fria

                        atinge e alcança …

 

                          …  e quebra-se

                               em mil pequenos dedais

                               de água mansa ……

                                                                                                  

publicado por fanicos às 16:22
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

16
18
19
20
21

22
23

29
31


.posts recentes

. Já que ninguem se lembra ...

. Pedofilia, soma e segue ....

. Já que ninguém se lembra....

. Já que ninguém se lembra ...

. Já que ninguém se lembra ...

. Já que ninguém mais se le...

. O ESTOJO E A JÓIA

. As cadeirinhas nos bancos...

. O "Capitalismo" desse tem...

. Efeméride

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds