Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Blá, blá, blá ...

Agora, é que vão ser elas! Vai por aí uma grande confusão. A lei não prevê o que acontece a uma mulher que faça um aborto – até às 10 semanas, blá, blá, blá – se a clínica que escolher não estiver “devidamente autorizada” para o efeito. Uns dizem que, nesse caso, o aborto é crime, e a mulher deve ser julgada e condenada. Outros, que a mulher não é obrigada a saber se a clínica está ou não autorizada.

Na sua ânsia de “coisificar” a vida humana os legisladores nem sequer souberam fazer uma lei bem feita.

 

Mas, pergunto eu à minha curiosidade: uma vez que o aborto foi legalizado, porque carga de água é que só pode ser feito em “estabelecimento de saúde devidamente autorizado”, se eu posso tratar uma perna partida em qualquer endireita?

sinto-me: adrabada
tags:
publicado por fanicos às 20:32
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

16
18
19
20
21

22
23

29
31


.posts recentes

. Já que ninguem se lembra ...

. Pedofilia, soma e segue ....

. Já que ninguém se lembra....

. Já que ninguém se lembra ...

. Já que ninguém se lembra ...

. Já que ninguém mais se le...

. O ESTOJO E A JÓIA

. As cadeirinhas nos bancos...

. O "Capitalismo" desse tem...

. Efeméride

.arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds